Confira obras audiovisuais de Giovani Cidreira, Davi Sabbag e Tuyo

“NEBULOSA Websérie”, “Ritual na Bahia” e “Chegamos Sozinhos em Casa - Fragmentos” experimentam formatos audiovisuais que enriquecem a experiência musical



Desde que começaram a se aproximar, as linguagens da música e do audiovisual deram passos firmes e muito frutíferos juntos. Na música contemporânea, os videoclipes, álbuns visuais e documentários já fazem parte da narrativa conceitual dos artistas e têm sido cada vez mais aprimorados.


Se já era assim antes, ao longo do período de pandemia o audiovisual se tornou quase intrínseco ao trabalho musical. Aqui na Let’s GIG, apesar das dificuldades enfrentadas pela restrição dos shows ao vivo, os artistas com os quais trabalhamos encontraram maneiras super interessantes de contar histórias audiovisuais.


Hoje trazemos três dessas histórias, lançadas em 2021, que experimentaram formatos e recursos diferentes para enriquecer cada criação musical.


Chega mais para mergulhar nesses universos:



“NEBULOSA Websérie” Giovani Cidreira


Realizada através da Lei Aldir Blanc Bahia e dirigida por Safira Moreira, a websérie documental - que acompanhou o lançamento do álbum Nebulosa Baby - apresenta uma conexão sensível e representativa entre a ancestralidade do músico e seu ambiente contemporâneo.


GIO, como assina neste projeto, nos dá acesso à construção afetiva de sua memória com imagens de arquivo pessoal que trazem depoimentos de família, amigos e vizinhos do bairro de Valéria, periferia de Salvador, onde cresceu. As letras e melodias das canções do disco direcionam a concepção dos episódios, revelando também bastidores das gravações e imagens rotineiras da vida em São Paulo.




“Chegamos Sozinhos em Casa - Fragmentos" Tuyo


Série documental musicada, realizada através do Petrobrás Cultural, “Chegamos Sozinhos em Casa - Fragmentos" costura as narrativas das dezoito faixas que compõem os dois volumes do disco de mesmo nome. Com direção de Laís Dantas, o projeto audiovisual teve como inspiração a individualidade de cada um dos integrantes da banda.


“Cada show é um feitiço, um borogodó, um elemento que tem muito a ver também com as pessoas, elas sempre oferecem coisas diferentes pra nós e é muito da energia do público que mobiliza o artista no palco. A ideia da série foi muito pautada nessa questão do espetáculo, de como é que a gente consegue replicar, de alguma forma, um pouco do que sentimos quando tá ao vivo”, resume Lio, integrante da Tuyo.




“Ritual na Bahia” Davi Sabbag


O curta-metragem "Ritual na Bahia" inclui as músicas 'Dois Livros', 'Coisas da Bahia', 'Maçã', 'Saiba' e 'Abertura' e foi dirigido por Alexandre Mortagua e Fernanda Liberti.


Traz a narrativa do afeto como pano de fundo da história de dois casais em uma viagem pela Bahia. A produção foi iniciada em fevereiro de 2020 e, após uma pausa devido à pandemia, a história se modificou com o tempo.


"Falar de afeto e suas transformações é essencial para entendermos os processos da vida", comenta Davi.